Politica

Aguiar-Branco: Anabela Rodrigues é uma 'excelente escolha'

O ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, saudou hoje a forma como o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho resolveu a sucessão de Miguel Macedo à frente do Ministério da Administração Interna, considerando que Anabela Rodrigues é "uma excelente escolha".

À saída de uma reunião de ministros da Defesa da União Europeia, Aguiar-Branco, questionado sobre a demissão de Miguel Macedo, manifestou a sua amizade e solidariedade para com o ex-ministro, que, a seu ver, "deu as explicações que deveriam ser dadas", e preferiu salientar a "óptima escolha" do chefe de Governo para ocupar o cargo deixado vago.

Segundo o ministro, Passos Coelho, com "a rapidez necessária para que não houvesse perturbação", escolheu alguém "com um currículo invejável", "que por onde tem passado tem mostrado toda a sua competência", e que vai ser "uma óptima ministra da Administração Interna, que vai seguramente prestigiar e muito a função que vai exercer".

Lembrando que já trabalhou com Anabela Rodrigues, quando estava no ministério da Justiça e a agora ministra era directora do Centro de Estudos Judiciários, Aguiar-Branco disse acreditar que "qualquer observador atento e qualquer observador isento não deixará de reconhecer que é uma excelente escolha, que tem uma competência e qualificação muito acima da média, e por isso vai valorizar e ser um valor acrescentado para o próprio governo".

Questionado sobre se considera que este era o momento para uma remodelação governamental mais abrangente, Aguiar-Branco disse que essa é uma responsabilidade exclusiva do chefe de Governo, e defendeu que Passos Coelho "mostrou hoje mais a sua capacidade de liderança", ao ser capaz de "recrutar pessoas de elevado calibre e mérito afirmado" na sociedade portuguesa para integrar o Governo.

O Presidente da República aceitou hoje a nomeação, proposta pelo primeiro-ministro, da professora universitária Anabela Rodrigues para o cargo de ministro da Administração Interna, em substituição de Miguel Macedo, que anunciou a sua demissão no domingo.

A tomada de posse vai realizar-se quarta-feira às 12:00, no Palácio de Belém. Estas informações foram divulgadas na página da Presidência da República na internet, onde se lê também que foi aceite a exoneração de Miguel Macedo do cargo de ministro da Administração Interna, a pedido deste.

Antiga directora do Centro de Estudos Judiciários, Anabela Maria Pinto de Miranda Rodrigues, independente, de 60 anos, é professora catedrática da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, que dirigiu entre 2011 e 2013, e vai ser a primeira mulher a estar à frente do Ministério da Administração Interna.

Lusa/SOL