Internacional

Francisco no centro da ferida europeia

O Papa encontra-se em Estrasburgo, numa visita oficial de quatro horas. Francisco vai discursar no Parlamento Europeu e depois visita o Conselho da Europa. 

Francisco visita a casa da democracia europeia a convite do seu presidente, Martin Schulz. 

Fontes do Vaticano adiantaram que o Papa deverá centrar a alocução em dois temas que lhe são caros: as altas taxas de desemprego, em especial entre os jovens, e o drama da imigração. Dois temas que estão na ordem do dia nesta sessão plenária. Antes da chegada do argentino ao hemiciclo discutia-se a Estratégia Europa 2020 e à tarde a vaga de imigração que desemboca no Mediterrâneo também vai ser alvo de debate.

No mês passado, num discurso aos bispos europeus, Francisco afirmou que a Europa está “ferida”.

cesar.avo@sol.pt