Economia

Mulheres à administração! Alemanha introduz quotas

O Governo alemão de Angela Merkel acordou esta quarta-feira a introdução de uma quota mínima de 30% para mulheres nos conselhos de administração.

Em caso de incumprimento, os lugares de administração permanecem vazios.

“Esta lei é um passo importante para a igualdade, e introduz uma mudança de cultura no mundo laboral”, defendeu a ministra social-democrata Manuela Schwesig.

Actualmente, apenas 6% dos membros dos conselhos de administração das empresas alemãs são do sexo feminino. A gestão das companhias permanece ‘barrada’ às mulheres, apesar da crescente qualificação das trabalhadoras.

Para já, a medida só tem efeitos na Alemanha. No entanto, poderá fomentar o debate no resto da Europa.