Vida

Shia LaBeouf: 'Fui violado'

     

Shia LaBeouf afirmou ter sido violado por uma mulher. O incidente terá acontecido no início deste ano, numa galeria em Los Angeles. A confissão foi feita a uma jornalista da revista Dazed, depois de uma troca de mails entre ambos.

Segundo o New York Post, o actor participava na exposição ‘#IAMSORRY’, onde esteve sentado durante cinco dias com um saco de papel na cabeça. O público era convidado a entrar na sala, uma pessoa de cada vez, e a estar com ele.

“Uma mulher foi com o namorado, que estava do outro lado da porta quando isto aconteceu, tirou-me a roupa e depois violou-me”, referia o artista num dos mails. “Estavam centenas de pessoas na fila quando ela saiu com o cabelo todo desgrenhado e com o batom esborratado. Não foi bom nem para mim nem para o namorado dela”.

LaBeouf afirma ainda que, para piorar a situação, uma das pessoas na fila era a sua namorada. “Era o Dia dos Namorados e eu estive a viver na galeria durante a exposição – estivemos cinco dias sem qualquer tipo de comunicação.”

“Acho que a notícia se espalhou pela fila. Quando ela entrou pediu explicações e eu não conseguia falar, portanto ficámos sentados sem falar sobre esta situação traumatizante. Foi difícil.”

Na série de mails, o actor fala ainda da preparação que fez para a sua personagem no filme “Fúria”, onde interpreta o papel de um soldado durante a II Guerra Mundial. “Um dia depois de saber que tinha ficado com o papel, alistei-me na Guarda Nacional. Fui baptizado – aceitei Cristo – e tornei-me assistente do capelão”.

LaBeouf explica ainda que esteve a viver numa base e, quando se juntou ao resto do elenco, “arranquei um dente, cortei a cara com uma faca e passei várias dias a ver cavalos a morrer. Não tomei banho durante quatro meses. Conheci uns militares que serviram numa unidade de tanques de guerra, e era isso que acontecia no campo de batalha – há pessoas que ficam três anos com o mesmo par de meias”.

Quem conhece este ‘enfant terrible’ de Hollywood não estranha estas declarações. Recentemente, foi detido por invasão de propriedade privada, conduta desordeira e assédio durante uma produção de ‘Cabaret’ na Broadway. Foi ainda fotografado a perseguir um sem-abrigo em Times Square, no centro de Nova Iorque.

Para além destes incidentes, junte-se outro episódio caricato: LaBeouf concedeu uma entrevista num hotel em Londres que consistiu numa hora em silêncio, com câmaras GoPro colocadas na cabeça do actor e na da jornalista. A ideia foi do artista, e este foi o resultado: