Politica

Três deputados do PS fizeram "intervalo" no Congresso para visitar Sócrates

Três deputados do PS, Isabel Santos, Renato Sampaio e André Figueiredo, fizeram hoje um "intervalo" no Congresso do PS, no qual participam, para visitarem José Sócrates na prisão de Évora, tendo-o encontrado "determinado em defender-se".

"Eu acho que a melhor mensagem que posso levar desta visita foi encontrá-lo muito bem, bastante sereno e determinado em defender-se", disse André Figueiredo, aos jornalistas, após a visita ao ex-primeiro-ministro.

Os três deputados socialistas chegaram ao Estabelecimento Prisional de Évora, no qual José Sócrates se encontra em prisão preventiva, por volta das 15:00, tendo saído pouco depois das 16:30.

Isabel Santos confirmou que, agora, vão regressar ao XX Congresso Nacional do PS, em Lisboa, depois de terem visitado Sócrates como amigos, sem que tenha sido abordado o assunto do processo-crime de que o ex-primeiro-ministro socialista é alvo.

"Falámos como dois amigos, mais nada", disse Isabel Santos, acrescentando: "Nada de falar sobre o processo".

A deputada referiu ainda ter encontrado o ex-primeiro-ministro "com força e determinado", uma ideia sublinhada pelo deputado Renato Sampaio: "Fiquei muito satisfeito por o ver" e está "com bom espírito, bem-disposto".

Questionado pelos jornalistas sobre se José Sócrates está a seguir os trabalhos do congresso do partido, André Figueiredo respondeu: "Quem os tem que seguir somos nós" porque "o congresso é muito importante para o país".

José Sócrates está detido na prisão de Évora, depois do primeiro interrogatório judicial e de ter sido colocado em prisão preventiva.

O ex-primeiro-ministro é o primeiro ex-chefe de governo da história da democracia portuguesa a ficar em prisão preventiva, indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção.

Outros dois arguidos - João Perna e Carlos Santos Silva - estão também em prisão preventiva no âmbito do "processo Marquês", no Estabelecimento Prisional anexo à Polícia Judiciária, em Lisboa.

Lus/SOL