Economia

Adolescente ganhou 72 milhões de dólares no recreio

Filho de imigrantes bengalis, a viver no bairro de Queens, em Nova Iorque, com apenas 17 anos acumulou um fortuna colossal avaliada em 72 milhões de euros a jogar na bolsa durante os intervalos das aulas.

Mohammed Islam estuda já no instituto Stuyvesant, o que revela a sua genialidade, já que nesta escola de economia só entram os melhores dos melhores e é daqui que saem muitos alunos para universidades de topo como Harvard ou Dartmouth.

O seu nome já foi mesmo incluído numa lista de 20 figuras mais influentes de Wall Street com menos de 20 anos, realizada pela Business Insider este ano.

O jovem génio das Finanças tem como ídolo Paul Tudor, gestor do influente fundo de Connecticut, conhecido pelas suas obras de solidariedade. Com Tudor, aprendeu a máxima de que até "se aprende mais quando se perde do que quando se ganha".

Islam não tem carta de condução, mas ainda assim, comprou um BMW topo de gama no qual o pai o transporta. Ainda vive na casa dos país, mas já tem arrendado um apartamento em Manhattan. Em entrevista à New York Magazine, disse: “O que move o mundo? Dinheiro. Se o dinheiro nao circular, se os negócios não prosseguirem, não há inovação, produtos, investimento, crescimento, empregos”.

SOL