Sociedade

Sócrates: Recurso da prisão preventiva vai ser entregue na sexta-feira

O advogado de defesa de José Sócrates disse hoje que vai entregar na sexta-feira o recurso da prisão preventiva, que inicialmente esteve marcado para hoje, mas que adiou alegando que necessitava de consultar primeiro o ex-primeiro-ministro. 

O advogado João Araújo falava esta tarde à porta do estabelecimento prisional de Évora, onde José Sócrates está detido preventivamente desde 25 de Novembro por indícios de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção.

"Tendo em conta a necessidade, que sentiu, de consultar o seu constituinte, sobre algumas questões, a defesa do senhor engenheiro José Sócrates decidiu não entregar, já hoje, o recurso que preparou contra a decisão de aplicação da medida de prisão preventiva, o que fará logo que possam ser integradas as instruções que receber hoje", indicou o advogado num comunicado enviado à redacção antes de visitar José Sócrates. 

Depois de ter reunido com José Sócrates "mais de duas horas", João Araújo revelou aos jornalistas que o recurso da prisão preventiva, a apresentar no Tribunal Central de Instrução Criminal, será apresentado na próxima sexta-feira, cerca das 11:00.

O recurso é entregue no TCIC, tribunal que decretou a prisão preventiva ao antigo primeiro-ministro socialista, subindo depois para apreciação do Tribunal da Relação.

Na quarta-feira será conhecida a decisão sobre o terceiro pedido de 'habeas corpus' (libertação imediata) de José Sócrates, distribuído ao juiz conselheiro Souto Moura.

Lusa/SOL