Internacional

Quénia suspende licenças a cerca de 500 ONG

O governo do Quénia anunciou hoje a suspensão das licenças e o congelamento das contas bancárias de pelo menos 510 organizações não-governamentais (ONG), 15 das quais foram acusadas de ligação a organizações terroristas e branqueamento de capitais.

AP  


O Conselho de Coordenação de ONG comunicou que, com excepção das 15 alegadamente ligadas a organizações terroristas, as restantes foram suspensas por não apresentarem um relatório de auditoria das contas anuais, como determina a lei queniana.

 

Entre as organizações suspensas por não enviarem o relatório financeiro encontram-se os Médicos Sem Fronteiras, a Relief Agency Internacional, a Veterinários Sem Fronteiras e o Centro para Soluções de Saúde do Quénia, de acordo com uma lista divulgada pelo governo.

Lusa/SOL