Sociedade

António Costa e Mário Soares visitam José Sócrates

O secretário-geral do PS, António Costa, e o antigo Presidente da República, Mário Soares, entraram hoje no Estabelecimento Prisional de Évora para visitar o ex-primeiro-ministro José Sócrates, em prisão preventiva há mais de um mês.

O actual líder socialista entrou, cerca das 10h30, no Estabelecimento Prisional de Évora, onde já se encontrava o antigo Presidente da República Mário Soares, que visita, pela segunda vez, o ex-primeiro-ministro. 

António Costa disse que ia visitar "um amigo" e "não os jornalistas".

"Não há bem mais precioso que a liberdade. Quem está privado da liberdade está com certeza a passar um mau bocado", limitou-se a dizer o líder socialista, perante a insistência dos jornalistas.

O antigo chefe de Estado e fundador do PS já tinha visitado o ex-primeiro-ministro a 26 de Novembro, tendo na altura considerado que José Sócrates está a ser "vítima de uma campanha que é uma infâmia", argumentando tratar-se de "um caso político".

"Têm feito uma campanha contra ele que é uma infâmia. É a comunicação social que faz, mas são os tipos que estão por trás dela", acusou Mário Soares à saída do Estabelecimento Prisional de Évora, frisando que o caso "tem a ver com os malandros que estão a combater um homem que foi um primeiro-ministro exemplar".

José Sócrates está detido na prisão de Évora, depois do primeiro interrogatório judicial e de ter sido colocado em prisão preventiva.

O ex-primeiro-ministro é o primeiro ex-chefe de governo da história da democracia portuguesa a ficar em prisão preventiva, indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção.

Os outros dois arguidos em prisão preventiva no âmbito do "processo Marquês", encontram-se presos preventivamente no Estabelecimento Prisional Anexo às Instalações da Policia Judiciária, na rua Gomes Freire, em Lisboa.

Lusa/SOL