Vida

Bebé morreu à fome enquanto pais jantavam num restaurante

No passado dia 23 de Dezembro, um bebé de 22 dias morreu de fome enquanto os seus pais estavam num restaurante a jantar com familiares, no estado da Florida (EUA).

Ruby Stephens, de 23 anos, e Roy Stephens, 48, ambos oriundos do Indiana, foram, esta terça-feira, acusados de homicídio, avança o Daily Mail.

A autópsia ao corpo de Betsey revelou que a causa da morte foi má nutrição por negligência e a menina morreu três horas antes de chamarem o serviço de emergência.

“Ela sofreu muito nos 22 dias de vida”, disse Mike Link, responsável pela polícia de Lakeland (Florida, EUA). “Quando vi as fotografias [do bebé]… Fiquei muito impressionado porque em 30 anos de carreira, nunca tinha visto nada assim”.

A mãe explicou às autoridades que, quando chegou ao hotel, reparou que a filha tinha os pés frios e que os tapou com uma manta. Em seguida, a família foi a um restaurante para jantar com uns familiares. Quando foi para tirar a menina do carro, pouco depois das 18h, reparou que ela “não respondia e estava fria”.

Betsey, quando nasceu, pesava 2.7 quilos e quando morreu, pesava 1.9 quilos - com 22 dias, devia pesar cerca de 4 quilos. Segundo o médico legista, a bebé estava também desidratada e não tinha comido nada sete horas antes de morrer.

Ruby Stephens confessou que, durante a viagem do Indiana para a Florida, o bebé não tinha comido muito, uma vez que tinha sido difícil na auto-estrada parar para a alimentar. Referiu ainda que a menina não era filha do marido e que este dava pouco atenção a Betsey.

O casal tem ainda dois filhos, uma menina de dois anos e um rapaz de um ano, e ambos aparentam estar bem saúde.