Internacional

Navio com centenas de imigrantes aguarda socorro na costa italiana

Um navio com 450 imigrantes a bordo está sem energia ao largo da costa de Itália, anunciou a força aérea italiana, acrescentando que já foi enviado um helicóptero para o local para retirar os passageiros da embarcação.

A tripulação terá abandonado o navio, que está a navegar a cerca de 65 quilómetros (40 milhas) de Capo di Leuca, situado na ponta mais a sudoeste de Itália.

"Devido às más condições meteorológicas, o transbordo só poderá ser feito por via aérea", afirmou a força aérea.

O navio da Serra Leoa, registado como Ezadeen, tem 60 metros e foi identificado ao início da noite quando se encontrava a 80 milhas da costa italiana.

O alerta foi dado por um dos viajantes, que conseguiu usar o rádio do navio e informar a guarda costeira de que a tripulação tinha abandonado o navio.

Inicialmente a guarda costeira começou por pedir auxílio a um barco patrulha islandês que estava em missão na zona e conseguiu navegar ao lado do navio, mas as condições climatéricas impediram a passagem dos passageiros de uma embarcação para a outra.

Segundo a força aérea, o navio islandês tem três médicos a bordo, que vão tentar entrar no navio para tratar eventuais passageiros doentes.

A situação surge depois de a marinha ter interceptado um outro navio que transportava mais de 700 passageiros, na sua maioria sírios que tentavam chegar a Itália.

Lusa/SOL