Desporto

Schumacher chora quando ouve a voz da mulher e dos filhos

Michael Schumacher, que fez 46 anos este sábado, continua a recuperar do grave acidente que sofreu – a 29 de Dezembro, nos Alpes franceses – em casa, na Suíça, ao lado da sua mulher, Corinna, e dos filhos Gina Maria e Mick.

Schumacher ao lado da sua mulher, Corinna Shutterstock

Um processo de recuperação que continua lento e sem melhorias significativas. A revista AutoSprint diz mesmo que o piloto alemão, sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, passa grande parte do tempo "sentado e com o olhar perdido no vazio".

A mesma publicação, que recolheu depoimentos de pessoas próximas do piloto, garante ainda que Schumacher não fala e que apenas 'reage' quando os familiares pedem para que mexa os olhos.

"Chora quando ouve os seus filhos, a voz da mulher, os seus cães. No silêncio do quarto, uma lágrima desce pela sua magra face perante um som conhecido", revela o diário italiano Corriere della Serra.

A AutoSprint vai mais longe e afirma que esta é a única maneira de Schumacher "exteriorizar emoções e mostrar que está vivo, mesmo prisioneiro de um corpo agora imobilizado".

Recorde-se que o antigo piloto da Ferrari saiu do hospital em Setembro de 2014 para prosseguir a sua recuperação em casa.

hugo.alegre@sol.pt