Politica

Passos Coelho vai domingo à Madeira

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho desloca-se no próximo domingo à Madeira para intervir no encerramento do congresso regional do partido.

Pedro Passos Coelho é amigo pessoal do novo líder do PSD-Madeira, Miguel Albuquerque que, a 29 de Dezembro último venceu Manuel António Correia, nas eleições directas internas, sucedendo no cargo a Alberto João Jardim.

A última deslocação de Pedro Passos Coelho à Madeira aconteceu a 12 de Novembro último para participar numa iniciativa privada de apoio ao sector empresarial.

Como a iniciativa foi promovida pelo ‘Diário de Notícias da Madeira’, órgão que Jardim considera hostil, nesse dia, o líder regional preferiu participar, no Porto, no ciclo de debates 'Ouvir&Pensar'.

A participação de Pedro Passos Coelho nos congressos do PSD-M já havia ocorrido nas duas últimas edições, a 10 de Abril de 2011 e a 25 de Novembro de 2012. Desta vez é para a consagração do amigo Miguel Albuquerque na liderança regional do partido.

Alberto João Jardim, depois de hesitar se participaria ou não neste congresso, acabou por confirmar a presença.

Vai intervir amanhã, sábado, no início dos trabalhos. Não é certo que, no domingo, se cruze com Passos Coelho.

De resto, a reunião magna dos social-democratas madeirenses deste fim-de-semana marca o início de um novo ciclo político.

Miguel Albuquerque vai propor a alteração dos Estatutos regionais do partido para permitir a entrada de algumas figuras, por inerência, em órgãos internos.

Já é certo que o Conselho Regional e a Mesa do Congresso serão presididos pelo advogado Adolfo Freitas Brazão, amigo de infância de Miguel Albuquerque; que Fernanda Cardoso (ligada aos Fundos comunitários) sucederá a José Prada no Conselho de Jurisdição; que o rival de Miguel Albuquerque na corrida à liderança do PSD-M, Sérgio Marques terá assento na comissão política regional para liderar o novel ‘Gabinete de Estudos’ do partido; e que será criada uma nova inerência para a Comissão Política Regional para permitir a entrada do presidente da Associação de Autarcas Social-Democratas da Madeira, actualmente liderada pelo presidente do Município de Câmara de Lobos, Pedro Coelho, pessoa próxima do ainda secretário-geral do partido, Jaime Ramos.

De resto, serão os delegados ao congresso a eleger os 53 vogais para pertencerem ao Conselho Regional, órgão máximo entre congressos que se reúne, pelo menos, quatro vezes ao ano. Diz-se, mas não é certo, que Miguel Albuquerque terá convidado o rival na 2.ª volta da corrida à liderança do PSD-M, Manuel António Correia para encabeçar uma lista única, de não inerências, ao Conselho Regional.