Internacional

Coreia do Norte pode abrir fronteiras a turistas nas próximas semanas

A Coreia do Norte pode reabrir as suas fronteiras aos turistas nas próximas semanas, depois de em Outubro ter proibido a entrada de estrangeiros como medida de prevenção face ao surto de Ébola, informou uma agência de viagem. 

Através de um comunicado na sua página de Internet, a agência de viagens com sede na China e especializada na Coreia do Norte, Young Pioneer Tours, afirmou esperar que "a fronteira seja reaberta muito rapidamente nas próximas semanas". 

"Temos trabalhado em colaboração estreita com os nossos colegas na Coreia do Norte sobre da data do levantamento das actuais restrições de viagem devido ao Ébola e regresso à normalidade do turismo da Coreia do Norte", escreveu a agência citada pela Efe. 

O regime de Pyongyang proibiu a entrada de turistas estrangeiros no dia 25 de Outubro e encerrou as suas fronteiras até nova ordem ao turismo estrangeiro por receio da epidemia, tendo impostos 21 dias de quarentena aos estrangeiros que visitem o país por motivos de negócios ou em viagens diplomáticas. 

Face às extremas restrições e medidas de quarentena, foram levantadas dúvidas sobre se o país estaria a violar a Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas de 1961, que regula, entre outros assuntos, a imunidade do pessoal diplomático.

A Coreia do Norte é, em condições normais, um dos países mais isolados do mundo com uma dezena de voos internacionais por semana.

O regime norte-coreano já tinha encerrado as suas fronteiras durante vários meses em 2003 devido à propagação do Síndrome Respiratório Agudo Severo, conhecido como SARS. 

Lusa/SOL