Politica

Nova administração da RTP afasta cenário de despedimento colectivo

O novo presidente do Conselho de Administração (CA) da RTP, Gonçalo Reis, garantiu hoje no parlamento que não tem intenção de avançar com um despedimento colectivo na empresa.


Questionado pelos deputados sobre um cenário de despedimento colectivo, Gonçalo Reis foi peremptório: "Sou muito franco, já tive em processos de redução de pessoas, nunca vi na RTP processos de despedimento colectivo, não sei como se fazem, nem tenho vontade nenhuma de aprender".

E acrescentou: "Não é nossa intenção proceder" a um despedimento colectivo na empresa.

A nova administração da RTP, composta por Gonçalo Reis (presidente), Nuno Artur Silva (vogal) e Cristina Vaz Tomé (vogal com pelouro financeiro), está a ser ouvida na comissão parlamentar para a Ética, a Cidadania e a Comunicação, depois da audição do presidente do Conselho Geral Independente, António Feijó.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.