Economia

Facturas apanham 200 mil empresas

O sistema de facturas electrónicas obrigatórias está a revelar-se determinante para combater a evasão fiscal e aumentar as receitas públicas. Segundo dados da Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais a que o SOL teve acesso, a comunicação de facturas à AT - Autoridade Tributária e Aduaneira permitiu detectar nos últimos dois anos cerca de 200 mil empresas com irregularidades fiscais.

O balanço fechado esta semana pela Secretaria de Estado contabiliza 4,8 mil milhões de facturas emitidas em 2014 - um aumento de 12% face a 2013, o ano em que o sistema arrancou. Todos os meses, cerca de 400 milhões de facturas foram comunicadas à administração fiscal. Com essa informação, a AT ganhou uma ferramenta de peso no combate à evasão fiscal. É possível cruzar os dados das facturas recebidas todos os meses com os impostos que as empresas efectivamente pagam. “Foi sobretudo graças ao sistema e-Fatura que foi atingido o recorde de receita fiscal de 37 mil milhões de euros no ano passado”, assegura o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio.

Leia mais na edição impressa do SOL hoje nas bancas.

joao.madeira@sol.pt