Desporto

Vídeo chocante com adeptos do Chelsea em Paris

As imagens do que se passou numa estação de metro de Paris, França, envolvendo adeptos do Chelsea, estão a chocar meio mundo e a causar constrangimento ao clube inglês, que já veio manifestar o repúdio pelo que se passou.

Os ingleses, que ontem estiveram em França a apoiar o clube no jogo contra o PSG, impediram que um homem entrasse na carruagem por ser negro. E caso houvesse dúvidas sobre a motivação deste comportamento, os próprios gritaram repetidas vezes: “Somos racistas e é assim que gostamos de ser!”.

No vídeo, pode ver-se o homem absolutamente surpreendido por estar a ser impedido de entrar no metro, mas apesar das tentativas fica mesmo de fora.

Os adeptos ainda gritaram para os passageiros franceses “Onde é que estavam na Segunda Guerra Mundial?”. Além disso, vários grupos de ingleses entoaram cânticos anti-semitas quando passavam em áreas judaicas de Paris, imitando o som de gás a ser libertado.

O clube britânico, cujo proprietário, Roman Abramovich é judeu e que conta com 22 jogadores negros e estrangeiros na equipa principal, já veio condenar o comportamento “abominável” dos adeptos e que apoia a acusação criminal dos envolvidos.

Veja aqui o vídeo do The Guardian