Economia

Varoufakis: Acordo foi ‘primeiro passo’ para acabar com memorando

O ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, disse hoje que o acordo com o Eurogrupo para uma extensão por quatro meses do programa de ajuda financeira à Grécia foi um "primeiro passo" que vai permitir acabar com o memorando.


"A Grécia termina com o memorando e torna-se co-autora das suas reformas e do seu destino", afirmou Yanis Varoufakis, no final de uma reunião do Eurogrupo.

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, anunciou que a reunião de hoje dos ministros das Finanças da zona euro, em Bruxelas, permitiu chegar a um acordo sobre o prolongamento da assistência financeira à Grécia.

Dijsselbloem precisou que a assistência foi prolongada por quatro meses, embora o pedido de Atenas fosse de seis meses, e, em contrapartida, as autoridades gregas comprometeram-se a conduzir uma série de reformas, em linha com as condições previstas no actual programa, tendo que apresentar já na próxima segunda-feira uma lista com medidas.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.