Internacional

Grécia: Varoufakis garante manutenção de funcionários públicos e de salários

O ministro grego das Finanças, Yanis Varoufakis, garantiu hoje que o Governo grego vai manter as suas promessas de não despedir funcionários públicos, nem reduzir salários nem pensões.

Numa entrevista à rádio Real FM, que o questionou sobre estas promessas, Varoufakis assegurou que "a resposta a estas três questões é: não".

O titular da pasta da Finanças adiantou ainda que também não vai aumentar o IVA reduzido de que beneficiam as ilhas gregas, embora tenha afirmado que o Governo vai avaliar possíveis alterações a este imposto.

"Posso dizer que não afectará as zonas de fronteira, os livros, a imprensa nem as ilhas do mar Egeu. Estamos comprometidos", salientou.

Quanto à promessa de abolir o controverso imposto sobre a propriedade imobiliária (ENFIA), que o Governo quer substituir por um único que incida apenas sobre as grandes propriedades, Varoufakis afirmou que as alterações serão concretizadas este ano, sem dizer quando.

Além disso, adiantou que o projecto de lei que o Governo está a preparar para alargar o âmbito de pessoas que poderão pagar em 100 prestações as suas dívidas às Finanças incluirá melhorias a partir das recomendações da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

O titular das Finanças congratulou-se com o facto de ter acordado com os seus parceiros um alívio nos objectivos de saldo primário de 3% do PIB para este ano e de 4,5% para 2016.

Varoufakis disse que o objectivo de 3% seria "catastrófico" para a Grécia e acrescentou que, embora o tema não esteja em cima da mesa por agora, "não pode ser superior a 1,5%".

Lusa/SOL