Tecnologia

Isto é o que Mark Zuckerberg procura num colaborador

Trabalhar para o Facebook pode soar a um sonho impossível de alcançar, mas talvez não seja. Pelo menos, de acordo com as últimas declarações de Mark Zuckerberg.

O líder desta rede social afirmou, na noite de quarta-feira no Mobile World Congress em Barcelona, que só contrata pessoas que gostaria de ter como chefes.

“Só vou contratar alguém para trabalhar directamente comigo se eu conseguisse trabalhar para essa pessoa”, afirmou o norte-americano de 30 anos.

Zuckerberg acrescentou ainda que, tanto ele como a sua equipa, procuram pessoas que tenham os mesmos valores que a empresa, pode ler-se no Telegraph.

Uma dessas pessoas foi Sheryl Sandberg, actualmente directora de operações (COO, na sigla inglesa), que o norte-americano considera sua “mentora” e uma peça essencial na construção do Facebook como negócio e "organização saudável".   

Outros dos elementos cruciais que fez do Facebook uma empresa de sucesso, segundo Zuckerberg, foi o facto de ter poucos colaboradores. Pelo menos em relação a outras empresas como a Google. O Facebook tem apenas55 mil colaboradores