Vida

Vítima de bullying é ‘abraçada’ pela Internet

Este homem foi gozado por um grupo de rufias só por estar a dançar numa festa. Perante a reacção dos jovens, o homem parou e baixou a cabeça envergonhado. “Olhem para esta espécie a tentar dançar. Parou assim que viu que nos estávamos a rir dele”, era a legenda da fotografia.

Estas imagens correram o mundo e impressionaram milhares de pessoas. Uma delas foi Cassandra Fairbanks. Esta mulher lançou uma campanha no Twitter – organizar uma festa para este homem misterioso, onde ele pudesse dançar com mil mulheres.

Milhares de pessoas aderiram à causa e começaram a procurar este homem - Mais de 1700 pessoas quiseram organizar uma festa privada só para ele.

Com tanta pressão nas redes sociais, a identidade do homem acabou por ser revelada – Chama-se Sean e vive em Londres.

Sean criou uma conta no Twitter só para agradecer às pessoas que o quiseram ajudar. “Obrigado a todos pelas vossas palavras. Não parem de rir e sorrir”, escreveu. De acordo com o jornal Metro, Cassandra e Sean têm mantido o contacto e estão a organizar a grande festa.