Economia

BES: CMVM prolonga por mais 10 dias suspensão das acções

O Conselho de Administração da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) voltou a prolongar hoje a suspensão da negociação das acções e dos instrumentos de dívida do Banco Espírito Santo (BES) por mais 10 dias úteis.


"O Conselho de Administração da CMVM deliberou a prorrogação da suspensão da negociação das acções e dos instrumentos de dívida do Banco Espírito Santo (BES) por 10 dias úteis", lê-se num comunicado publicado hoje na página oficial do regulador.

A suspensão da negociação do BES Perpetual Serie USD, BES Obrigações CX Subordinadas 2011 e BES Perpetual mantém-se até "à divulgação de informação relevante e segura sobre o emitente", adianta a CMVM.

As obrigações perpétuas não têm um momento previsto para o reembolso, podendo vencer juros eternamente, enquanto as subordinadas só são reembolsadas após os restantes credores de dívida não subordinada em caso de falência do emitente, segundo a página de Internet da Bolsa de Lisboa.

O regulador do mercado decidiu suspender a negociação das acções e vários instrumentos financeiros do BES, à espera de informação relevante a 04 de agosto, tendo prorrogado sucessivamente o prazo por dez dias úteis.

A 11 de Agosto o BES saiu do principal índice da bolsa de Lisboa, PSI-20.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.