Politica

A guerra dos blogues

As notícias das últimas semanas, das dívidas à Segurança Social de Passos Coelho às dúvidas sobre o apartamento onde António Costa viveu, desenham uma campanha de casos. E têm uma coisa em comum: nasceram em blogues e só depois saltaram para as páginas dos jornais.
 

A história sobre o duplex arrendado por Costa na Avenida da Liberdade, que tinha sido reabilitado contra um parecer da Câmara de Lisboa, é um desses casos e foi levantada pelo Portugal Profundo antes de ser investigada e noticiada pelo Público.

O blogue, criado em 2004, ficou conhecido por ter divulgado dados sobre as dúvidas em torno da licenciatura de José Sócrates, mas o seu autor prefere manter-se na sombra. António Albino Caldeira - ao contrário de muitos outros blogueres - não se esconde no anonimato, mas não quer revelar quaisquer dados sobre si.

A única informação que existe sobre Caldeira é a de que é professor no Politécnico de Setúbal e que não tem qualquer ligação partidária. De resto, denunciou não só casos em torno de Sócrates e Costa, mas também a licenciatura de Miguel Relvas.

Bem diferente é o blogue O Verdadeiro Lápis Azul, onde foram partilhadas informações sobre os processos de Passos nas Finanças. Os únicos posts disponíveis - incluindo os dos processos - são de 2011 e o blogue não esconde o que o move, mas não revela a identidade dos seus autores. Todas as entradas são assinadas por um João Almeida, em relação ao qual não há qualquer informação disponível. Mas o mote é dado logo na página inicial onde se denuncia «uma espécie de 'lápis azul' na comunicação social sobre o passado e presente de Pedro Passos Coelho» e se anuncia o escrutínio ao primeiro-ministro.

margarida.davim@sol.pt