Economia

Remax Portugal eleita a melhor do mundo

Em 2014 a Remax Portugal realizou 38.593 transacções, o que equivale a 19.296 imóveis, ascendendo o valor total das casas vendidas a 1,451 mil milhões de euros (+38%), o que se traduziu em mais 32% de receitas nas comissões recebidas para a rede. Estes números permitiram à filial portuguesa ser eleita 'Número 1' a nível mundial na rede imobiliária que opera em 90 países com mais de 7.000 agências e 90.000 agentes associados. 

Durante a Convenção Internacional da Remax, que decorreu em Las Vegas, Portugal foi considerado N.º 1 em agências (200), em novos agentes (538) e ainda alcançou o segundo lugar em expansão de novas lojas (33).
Na opinião de Beatriz Rubio, CEO da Remax Portugal, este sucesso vai muito além do ano que passou. Em entrevista ao SOL a gestora revelou que “o êxito da Remax Portugal não chegou no ano 2014, é algo que vem a ser trilhado desde 2009, quando constatámos que se iniciava a crise e que era para durar”.

A responsável adianta que este crescimento deveu-se também ao foco no negócio e àquilo que a rede conseguiu controlar melhor, como a formação, o atendimento ao cliente e trabalhar melhor a marca e a atitude.

Beatriz Rubio avançou que foi alterada a forma de trabalhar, focando rapidamente a rede no arrendamento e na venda de imóveis da banca. “Em pouco tempo conseguimos mudar o comportamento da nossa rede e fazer negócios de outra forma. Se não é possível as pessoas comprarem casa, então vamos investir no arrendamento, pois as pessoas continuam a viver e a mudar de casa. No final de 2012, devido aos vistos gold, começaram a chegar investimentos estrangeiros”, explicou a empresária.

Apesar de o mercado da Remax ser sobretudo português, a rede apostou também no estrangeiro. Inicialmente os seus clientes eram principalmente asiáticos, mas actualmente têm muitos investidores do Brasil e dos Emirados Árabes Unidos.

O reconhecimento é o principal estímulo

A CEO lembra ainda que a rede trabalhou também continuamente o reconhecimento das pessoas e do trabalho que desenvolvem. “A principal carência do ser humano vem da falta de reconhecimento, é através desse reconhecimento que conseguimos criar um foco na atitude da pessoa, tentando que supere os seus limites e desafiando-a a fazer mais e a ter orgulho nos seus resultados”, admitiu.

Em Las Vegas, a agência Remax Expo foi também considerada a melhor do ano e Portugal colocou três equipas de vendedores no top 100 do Mundo (Paulo Dias Fernandes/João Almeida; Andreia Falcão/Miguel Valadas; e Nuno Gomes Team). A Remax Vantagem, situada em Leiria, foi reconhecida como a agência mais produtiva do mundo.

Em Janeiro a Remax já tinha conquistado o prémio de melhor agência da Europa e os três primeiros lugares europeus no ranking de agências com a Remax Expo, a Remax Latina II e a Remax Platina, todas de Lisboa.

Beatriz Rubio espera para 2015 poder “continuar a 'sonhar de olhos abertos'“, e explica: “Isto quer dizer que os meus vendedores e donos de agências ganhem tanto dinheiro quanto possível e tenham uma vida cheia com as necessidades cobertas e, ao mesmo tempo, possam usufruir daquilo que gostam e desejam, como viajar e jantar fora, sem terem que fazer contas. Quero continuar a crescer e conseguir mais reconhecimento para os meus agentes e continuar a ser o melhor país do mundo”.

piedadepedro@gmail.com