VarandadoChiado

Pague sff

O parque de estacionamento de Santos/Rio, ao Cais do Sodré, tem andado numa roda viva de obras, num faz e desfaz de passeios que não se percebe.

ou percebe: o estacionamento, ali, não era pago e passou a ser e os lancis entretanto construídos não eram suficientemente altos para evitar a fácil fuga dos borlistas. ora, a câmara de lisboa, com a emel e a empark, acabou de lançar um cartão, tipo passe, válido para uma dezena de parques de estacionamento mais circulação no metropolitano e nos autocarros da carris. 49 euros/mês é quanto custa. e vá de vedar e cobrar pelo estacionamento em tudo quanto é zona onde ainda era possível deixar o carro bem parqueado e sem custos. o que é pena é que a câmara continue a preocupar-se em dificultar a vida a estes e não a quem – e são muitos – continua a estacionar nos passeios, nas passadeiras e em segundas filas...