Internacional

Piloto entorna café no cockpit e quase despenha avião

O Presidente sérvio Tomislav Nikolic ia fazer uma visita oficial ao Vaticano na sexta-feira passada, sendo recebido pelo Papa Francisco, quando um problema no avião obrigou a um regresso a Belgrado. Soube-se agora que a falha num motor e o ‘mergulho’ do avião foram causados por café entornado num dos painéis de instrumentos.


Bojan Zoric, o co-piloto do voo governamental de ligação entre Belgrado e Roma, deixou cair café nos instrumentos da aeronave e estava a tentar limpar os mesmos quando acidentalmente carregou num botão de emergência, que fez o avião Falcon 50 descer abruptamente e um dos motores desligar-se. Apesar de a queda ter sido controlada rapidamente pelo piloto principal, o pânico tinha-se instalado entre os passageiros e a rota foi imediatamente desviada de volta a Belgrado.

Nikolic cancelou logo a visita ao Vaticano e a primeira informação tornada pública dava conta da falha de um motor, que teria obrigado ao regresso do avião à capital sérvia. Só esta segunda-feira se soube que essa falha se deveu ao ‘acidente’ do co-piloto com o seu café. Bojan Zoric foi entretanto suspenso de funções esta segunda-feira.

Segundo a Reuters, um dos passageiros, conselheiro do presidente sérvio, afirmou que não voltaria a pôr os pés naquele avião. O Falcon 50 do Governo Sérvio tem 34 anos, cerca de dez anos mais de uso do que os três aviões do mesmo modelo pertencentes à Força Aérea Portuguesa.