Internacional

Homens que tentaram matar Malala condenados a prisão perpétua

 Um tribunal da cidade de Mingora, no noroeste do Paquistão, condenou hoje 10 homens à prisão perpétua pela tentativa de assassínio em 2012 da activista Nobel da Paz Malala Yousafzai, disseram responsáveis.

Homens que tentaram matar Malala condenados a prisão perpétua

"Dez atacantes que estiveram envolvidos no ataque a Malala Yousafzai foram condenados a prisão perpétua", disse um responsável do tribunal à agência France Presse. A informação foi confirmada por um advogado presente na audição.

 

Em Outubro de 2012, militantes talibãs entraram no autocarro escolar em que a activista, então com 14 anos, era transportada e atingiram-na na cabeça devido às suas opiniões sobre a educação das raparigas.

Os comentários estão desactivados.