Desporto

Bilhetes para ver boxe a mais de 300 mil euros

Os mil bilhetes destinados ao público em geral, que custavam entre 1300 e 6900 euros, esgotaram num minuto. Mas ainda há ingressos à venda no mercado negro para assistir ao combate de boxe entre Floyd Mayweather e Manny Pacquiao, sábado à noite, em Las Vegas. O preço? Estão a pedir mais de 300 mil euros.

O ‘combate do século’, como está a ser vendido, opõe os dois pugilistas mais famosos da actualidade e as expectativas apontam para receitas recorde acima dos 400 milhões de euros. O norte-americano Mayweather, com 47 vitórias em outros tantos combates, terá direito a 60% dos lucros, enquanto o filipino Pacquiao, já com cinco derrotas, se contentará com 40%.

Essa foi uma das divergências que arrastaram as negociações entre as partes ao longo de seis anos, até ser possível assinar um acordo. Os outros 15.800 lugares da Arena MGM Garden estão reservados a familiares e amigos, patrocinadores e aos melhores clientes do casino situado dentro do hotel onde também se encontra o recinto.

Quem quiser seguir o duelo pela televisão nos Estados Unidos terá de pagar 83 euros, no sistema pay-per-view. A juntar à venda dos direitos televisivos no estrangeiro, a organização espera embolsar 250 milhões de euros só com a cobertura televisiva (em Portugal ninguém os adquiriu).

Em jogo estará o título mundial na categoria de pesos meio-médio, que vai dos 63,5 e aos 66,7 quilos. E para coroar o vencedor haverá um cinto com esmeraldas no valor de um milhão de dólares.        

Detido por violência doméstica no passado, Mayweather poderá surgir no ringue com apenas um patrocínio nos calções, por falta de interessados. Já Pacquiao apresentará vários, que lhe garantem um encaixe extra de dois milhões de euros.

rui.antunes@sol.pt