Sociedade

Mais de metade dos jovens não tem qualquer interesse em política

Os jovens portugueses estão mais insatisfeitos com a democracia do que 2007 e actualmente mais de 57% dos jovens entre os 15 e os 24 anos não revela qualquer interesse em política, de acordo com um estudo hoje divulgado.

Intitulado "Emprego, Mobilidade, Política e Lazer: situações e atitudes dos jovens portugueses numa perspectiva comparada", o estudo encomendado pela Presidência da República está dividido em quatro partes, correspondendo uma delas às atitudes dos jovens perante a política e onde se faz uma comparação com os resultados obtidos em 2007 num estudo sobre "Jovens e Política".

Relativamente à satisfação com a democracia, em 2015 apenas 17,3% dos jovens entre os 15 e os 34 anos consideram que a democracia funciona bem em Portugal. 

Apesar desta percentagem estar ligeiramente acima da média do país (16,6%), comparando com os dados de 2007 verifica-se uma "grande quebra na satisfação com a democracia operada em Portugal nos últimos sete anos", como é indicado no relatório do estudo hoje apresentado na Fundação Champalimaud, em Lisboa, e que foi elaborado por Marina Costa Lobo, Vítor Sérgio Ferreira e Jussara Rowland, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

Lusa/SOL