Economia

Cinco milhões de contribuintes entregaram o IRS

Mais de cinco milhões de declarações de IRS foram submetidas em Abril e Maio deste ano pela internet, anunciou hoje a Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais. Segundo o gabinete de Paulo Núncio, o acerto de contas com a Autoridade Tributária e Aduaneira decorreu “sem que tenham existido quaisquer problemas na submissão das declarações durante todo o período da campanha”.


No que respeita à 1.ª fase do IRS, que decorreu até 30 de Abril e abrangeu os trabalhadores dependentes e pensionistas, foram submetidas no Portal das Finanças 3.281.446 declarações, o que representa um aumento 3,9% face ao mesmo período de 2014.

Na segunda fase, até 31 de Maio, foram submetidas mais 1.747.695 declarações de IRS, o que corresponde a um aumento de 13,4%. Neste caso, estão em causa contribuintes com mais rendimentos além de trabalho dependente e pensões, como é o caso dos chamados recibos verdes.

Segundo a secretaria de Estado, o facto de a campanha do IRS ter ocorrido sem problemas “espelha o reforço efectuado na capacidade de resposta dos sistemas informáticos, permitindo que o processo de submissão de IRS por parte dos contribuintes tenha decorrido com toda a normalidade e sem quaisquer situações anómalas ou quebras do Portal das Finanças”.

Este ano, a declaração de IRS funcionou pela primeira vez com um servidor informático autónomo, de forma a facilitar a submissão de declarações de IRS por parte dos contribuintes e a evitar picos de afluência no Portal das Finanças que se registaram em anos anteriores.

joao.madeira@sol.pt

Os comentários estão desactivados.