Politica

Marinho lança capitão de Abril

Marinho Pinto pode lançar Rodrigo de Sousa e Castro, militar que integrou a coordenação do Movimento dos Capitães de Abril e, depois da queda do Estado Novo, o Conselho de Revolução, para cabeça-de-lista do PDR em Lisboa. 

Segundo apurou o SOL, o fundador do PDR insiste em ser candidato por Coimbra - onde fez o seu percurso académico e profissional -  deixando em aberto liderança da lista na capital, onde por norma são candidatos os líderes de todos os partidos. Sousa e Castro surge assim como a primeira escolha de Marinho Pinto no maior círculo eleitoral do país. 

Contactado pelo SOL, Sousa e Castro evita alongar-se em comentários. «Admiro o Marinho Pinto e quando o PDR foi fundado procurei-o e disse-lhe que estava disponível para o ajudar. Entretanto aderi ao partido e o que posso dizer é que estou disponível para qualquer tarefa do partido», sublinhou. 

Sousa e Castro, capitão de Abril próximo de Ramalho Eanes, integra o gabinete de estudos do PDR e colaborou na escrita do programa eleitoral do partido - que será apresentado o mais tardar nos primeiros dias de Julho - na área da Defesa Nacional, mais concretamente elaborando uma proposta para as Forças Armadas. 

Também Francisco Moita Flores é dado como uma das preferências de Marinho e Pinto para Santarém. O ex-autarca colaborou ajudou na construção do programa eleitoral dando propostas para os sectores da Segurança e da Justiça. Ao SOL, porém, Moita Flores é claro: não só não recebeu (ainda) qualquer convite, como não tem interesse em regressar à vida política activa. 

ricardo.rego@sol.pt