Internacional

Brasil: Motim numa prisão termina ao fim de 21 horas com dois mortos

Um motim iniciado no sábado numa prisão brasileira do estado de Minas Gerais terminou no domingo, após 21 horas de rebelião, com a morte de dois presos e a libertação de 40 reféns, informaram as autoridades.

A Secretaria de Defesa Social de Minas Gerais explicou que a rebelião na prisão de Governador Valadares começou no sábado quando alguns prisioneiros destruíram as grades das suas celas, invadiram a área administrativa e iniciaram a destruição do centro penitenciário. 

Em comunicado, a secretaria confirmou a morte de duas pessoas, e acrescentou que "há informação de outros mortos por causa do fogo, mas ainda não foi confirmado pelas autoridades no local".

Os 800 presos começaram no domingo a ser transferidos para prisões de cidades vizinhas como Juíz de Fora, Paca, Ipatinga e Teófilo Otoni.

A sobrelotação tem sido um dos fatores apontado por organizações internacionais como o principal motivo dos motins frequentes nas prisões brasileiras.

Lusa/SOL