Economia

TAP: Sérgio Monteiro diz que ‘assessores estão a trabalhar com a velocidade possível’

O desfecho da segunda tentativa do Governo para privatizar a TAP está na reta final, com a avaliação das propostas finais e melhoradas dos dois concorrentes, podendo a decisão final ser tomada em Conselho de Ministros na quinta-feira.

"Os assessores estão a trabalhar com a velocidade possível face ao volume de documentação e complexidade das propostas", disse à Lusa o secretário de Estado das Infraestruturas, questionado sobre a possibilidade da decisão ser tomada na quinta-feira em Conselho de Ministros.

Em declarações à Lusa, Sérgio Monteiro recusou-se a antecipar uma eventual decisão na próxima reunião do Governo: "Vamos precisar de todas as horas para que esse trabalho possa ser desenvolvido".

"Acho que só na quinta-feira vamos ter condições de saber se vão estar reunidas as condições para tomar essa decisão", concluiu.

Na segunda-feira, o primeiro-ministro, Passos Coelho, disse que a Parpública "está a fazer a avaliação das propostas" e que quando essas avaliações estiverem concluídas "serão apresentadas ao Governo para que o Conselho de Ministros tome uma decisão".

"As propostas tendo sido apresentadas, e não tendo nascido do nada, tendo sido uma melhoria das propostas anteriores, é provável que a Parpública esteja em condições de apresentar o resultado dessas negociações [esta semana ou na próxima] e uma proposta para o Governo tomar [a decisão]", acrescentou.

A Parpública, no âmbito do processo de venda de 61% do capital da TAP SGPS, confirmou, na sexta-feira, dia 05, que recebeu duas propostas dentro do prazo definido pelo Governo para a fase de negociações: uma da Gateway, de David Neeleman, e outra da SAGEF, de Germán Eframovich.

Lusa/SOL