Desporto

Fernando Santos em 'modo experimental' para o Portugal-Itália

A seleção portuguesa de futebol defronta na terça-feira a Itália, num particular que se vai realizar em Genebra, na Suíça, e em que Fernando Santos deverá aproveitar para algumas experiências, sendo que Cristiano Ronaldo é baixa certa.

O capitão da formação das 'quinas' marcou três golos e foi determinante no último sábado no triunfo sobre a Arménia, por 3-2, que deixou Portugal com um 'pé' na fase final do Euro2016, que vai decorrer em França.

Após o encontro em Erevan, e numa altura em que a grande maioria dos jogadores cumpre período de férias, Ronaldo foi dispensado pelo selecionador, assim como William Carvalho e Bernardo Silva, que se vão juntar à equipa de sub-21 que vai disputar o Europeu da categoria, e Danny, devido a problemas físicos.

Para o confronto com os italianos, Fernando Santos terá à sua disposição um grupo de 21 jogadores, embora seja esperado que grande parte dos futebolistas utilizados frente à Arménia sejam poupados perante um adversário que também deverá estar longe da máxima força.

Danilo, médio do Marítimo e chamado pela primeira vez aos trabalhos da seleção nacional, pode somar em Genebra a sua primeira internacionalização.

Naquele que será o 25.º jogo da história entre Portugal e Itália, o veterano guarda-redes Buffon é baixa certa na seleção transalpina, assim como o médio Daniele De Rossi, ambos devido a lesão.

Portugal vai tentar por fim a uma série de seis derrotas consecutivas perante a 'squadra azzurra' e somar a sua primeira vitória em quase 40 anos. A última aconteceu em 1976, no antigo Estádio José Alvalade, por 2-1, também em jogo de preparação.

A partida vai decorrer no Estádio de Genebra, um palco com lotação para 30.000 pessoas e que tem sido de boas memórias para a seleção nacional.

Neste recinto helvético, em quatro jogos, Portugal bateu a Turquia (2-0) e a República Checa (3-1), ambos na fase final do Euro2008, e também a Croácia (1-0), num particular em 2013. A única derrota ocorreu perante a Argentina, por 2-1.

O encontro está agendado para as 20h30 (19h30 horas de Lisboa) de terça-feira e terá arbitragem do suíço Stephan Studer.

Lusa/SOL