Desporto

Jara meteu o dedo onde não devia. E Cavani reagiu ao 'estalo'

Gonzalo Jara foi esta quinta-feira banido da Copa América depois de ter provocado Edison Cavani com um dedo no rabo, no decorrer do embate desta madrugada entre o Chile e o Uruguai (1-0).

Decorria o minuto 63 de jogo quando o defesa chileno, que minutos antes já tinha dado uns 'estalos amigáveis' ao avançado uruguaio, voltou à carga e provocou o adversário com um dedo no rabo.

Cavani reagiu de imediato e atingiu com a mão a cara de Jara, que com o impacto ficou prostrado no relvado. O árbitro da partida, que só viu a parte final do incidente, acabou por mostrar o segundo amarelo ao jogador do Paris Saint-Germain, que acabou expulso da partida.

O Uruguai, que terminou o jogo com apenas nove jogadores (Fucile também viu o cartão vermelho aos 88 minutos), acabou por sair derrotado do duelo, depois de Mauricio Isla ter marcado o único golo do encontro à passagem do minuto 81.

Veja o lance que motivou a expulsão de Cavani:

hugo.alegre@sol.pt