Internacional

FMI espera pagamento da Grécia no dia 30

O Fundo Monetário Internacional (FMI) afirmou hoje esperar que a Grécia faça o pagamento de cerca de 1,5 mil milhões de euros que vence a 30 de Junho, afastando um cenário de incumprimento.

EPA/STEPHANIE LECOCQ

"Esperamos que o pagamento seja feito a 30 de Junho, foi isso que as autoridades gregas disseram publicamente", disse o porta-voz do FMI, Gerry Rice.

No início de Junho, Atenas recorreu a uma cláusula pouco utilizada que permite agrupar vários pagamentos ao FMI numa única prestação, adiando para dia 30 os reembolsos que devia fazer ao longo do mês.

Se a Grécia não respeitar o prazo, ficará imediatamente com pagamentos em atraso e deixará de ter acesso a recursos do FMI.

Depois de a Grécia ter acusado o FMI de intransigência, o porta-voz garantiu que a instituição se mantém "flexível" nas negociações entre a Grécia e os credores e negou qualquer ultimato.

"O FMI não tem uma abordagem de 'pegar ou largar'. Não fazemos isso em relação aos Estados-membros. O que fazemos é dar em troca de qualquer coisa", adiantou.

As negociações sobre o financiamento da Grécia prosseguem em Bruxelas sem que até agora se tenha alcançado um compromisso.

Já hoje, a reunião dos ministros das Finanças da zona euro em Bruxelas foi dada por encerrada, sem que tenha sido alcançado um acordo, indicaram fontes diplomáticas.

Os ministros vão voltar a reunir-se nos próximos dias, segundo o ministro das Finanças Finlandês, Alexander Stubb, que através da rede social Twitter disse que "o Eurogrupo vai voltar [a reunir-se], mas não hoje".

Segundo a agência de notícias Efe, que cita fontes europeias, o Eurogrupo poderá reunir-se novamente este sábado.

Lusa/SOL