Internacional

Grécia. Tsipras marca referendo para 5 de Julho

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, anunciou hoje a convocação de um referendo para dia 05 de julho sobre se deve, ou não, ser aceite o acordo com os credores internacionais.

Grécia. Tsipras marca referendo para 5 de Julho

"A consulta será realizada a 05 de julho" e a questão será "sim" ou "não" para as últimas propostas dos credores, disse Tsipras já depois da meia-noite (na Grécia), numa mensagem televisiva e após uma reunião de emergência do Governo.

Para sábado, em Bruxelas, está prevista mais uma reunião do Eurogrupo para as 14:00 (13:00 de Lisboa).

Este novo encontro dos ministros das Finanças da zona euro - o quarto na mesma semana e o quinto em dez dias - tem como objetivo chegar a um acordo com a Grécia quanto às medidas a adotar pelo país e acontece a três dias do final do prazo para Atenas pagar cerca de 1,6 mil milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

Segundo fontes diplomáticas, se houver acordo e se o parlamento grego passar as medidas no domingo ou na segunda-feira, serão desbloqueados imediatamente para a Grécia 1.800 milhões de euros de lucros que o Banco Central Europeu (BCE) fez com a dívida pública helénica, a tempo de Atenas pagar o dinheiro devido ao FMI, cujo prazo termina a 30 de junho, na terça-feira.

A proposta dos credores passa ainda por mais financiamento até novembro, mês até ao qual deverá ser estendido o atual programa de resgate.

No total, poderão ir para os cofres helénicos 15,5 mil milhões de euros nos próximos cinco meses, para fazer face às obrigações financeiras para com o FMI e o BCE, mas sendo a libertação desse dinheiro - que irá ser feita por tranches - sempre condicionada à execução das medidas eventualmente acordadas.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.