Vida

Gaffe da CNN dá que falar na Internet

Uma jornalista da estação televisiva norte-americana CNN afirmou em directo ter ‘descoberto’ uma bandeira do autoproclamado Estado Islâmico numa parada gay, que se realiza anualmente em Londres. No entanto, uma observação mais minuciosa mostra que a bandeira não não tem “caracteres que tentam imitar símbolos árabes”, como foi dito pela repórter, mas sim desenhos de brinquedos sexuais.

DR  

“Um homem vestido de preto e branco está a abanar uma bandeira que parece ser uma imitação da bandeira do Estado Islâmico, a bandeira preta e branca com letras”, disse Lucy Pawle. “Não é árabe, parece mesmo que são apenas símbolos sem qualquer sentido a tentar imitar árabe, mas é óbvio que se trata de uma bandeira do Estado Islâmico”, acrescentou. “Parece que fui a única jornalista a reparar neste pormenor”, afirmou.

No entanto, se observarmos a bandeira é possível perceber que não se tratam de caracteres árabes (nem de uma imitação destes), mas sim de desenhos de brinquedos sexuais, explica o jornal britânico Independent. A bandeira é, de facto, preta e branca, mas é fácil distinguir o desenho de vários tipos de vibradores.