Desporto

Volta a França. Rui Costa envolvido em queda violenta (vídeo)

O ex-campeão mundial de ciclismo esteve entre as dezenas de vítimas de uma queda aparatosa que esta segunda-feira levou à interrupção da terceira etapa da Volta a França. Mas, ao contrário de outros cinco ciclistas, o português que lidera a equipa Lampre continua em prova.

 

 

Tom Dumoulin, Simon Gerrans, William Bonnet, Laurens ten Dam e Dmitry Kozontchuk são para já as baixas confirmadas do acidente que também levou à queda do actual camisola amarela, Fabian Cancellara. O suíço também se mantém em prova embora não esteja a conseguir acompanhar os ritmos dos da frente – as imagens televisivas mostram regularmente Cancellara a queixar-se de dores.

Tudo começou com a queda de William Bonnet, ciclista francês que terá tocado na roda de outro atleta e caiu numa fase em que o pelotão seguia a grande velocidade. E apesar da decisão da organização ter decretado a suspensão da etapa, para que os ciclistas prejudicados pela queda não ficassem já a uma distância proibitivas dos principais favoritos. Foram 25 minutos de pausa mas muitos dos atletas envolvidos no aparatoso incidente parecem com dificuldades para se manter ao melhor nível.

Um dele será o português Rui Costa, que seguirá junto a Cencellara num grupo que segue a cerca de meio minuto da liderança da etapa. E segundo a conta de Twitter do cyclismactu.net, o atleta dos italianos da Lampre parece ter marcas de lesões "no joelho e na anca".