Politica

Cavaco Silva diz que 'medidas duras' na Grécia não vão afectar Portugal

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, reconheceu hoje que a Grécia terá de adotar medidas "bastante duras" para corrigir a "situação caótica na sua economia", mas declarou que as mesmas não afetarão o desenvolvimento económico de Portugal.

JOSÉ COELHO/LUSA

"Estou convencido que as medidas bastante duras que a Grécia terá de tomar para corrigir uma situação dramática e uma situação caótica na sua economia e no seu sistema financeiro não afetarão o desenvolvimento económico e social de Portugal", declarou o chefe de Estado.

Cavaco falava no Palácio de Belém após se ter reunido com o Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi.

Lusa/SOL