Vida

Ex de Rihanna impedido de sair das Filipinas

O rapper norte-americano Chris Brown, ex-namorado da cantora Rihanna, está impedido de sair das Filipinas. O cantor deu um concerto esta terça-feira em Manila e soube depois que não poderia embarcar num avião para Hong Kong. No sábado iria dar um concerto em Jakarta, na Indonésia, que vai ter de mudar de data.

Chris Brown falhou um concerto em Manila na noite de 31 de Dezembro, onde iria actuar nos festejos de Passagem de Ano promovidos pela seita Igreja de Cristo, que agora pede o dinheiro de volta. Segundo a AFP, os responsáveis da poderosa seita ficaram indignados com a falha e posterior não devolução do dinheiro, pelo que pediram a intervenção do Departamento de Justiça do país.

Foi essa acção que levou agora ao impedimento do cantor de deixar Manila num jacto privado, depois de ter dado um outro concerto esta texta-feira. Em Dezembro Chris Brown explicou que faltou ao espectáculo por ter perdido o passaporto, justificação que não convenceu os responsáveis da Igreja de Cristo. “Gostaríamos de ter algum tipo de ajuda contra estes produtores e artistas com esquemas fraudulentos para extorquir dinheiro a negócios legítimos”, lia-se na carta enviada ao Departamento de Justiça, citada pela AFP.

De acordo com as autoridades judiciais das Filipinas, para deixar Manila, Chris Brown deve pedir um documento ao Governo a declara que não tem quaisquer obrigações legais no país, o que provavelmente significa devolver o dinheiro que tinha sido pago antecipadamente para o concerto de Passagem de Ano.

O próprio cantor, de 26 anos, já confirmou no Twitter que o concerto de Jakarta tem de ser remarcado, devido a “preocupações relacionadas com segurança”. Brown está neste momento a fazer a tournée ‘One Hell of a Nite’, que se segue ao lançamento do seu último álbum, Loyal, em 2014.

emanuel.costa@sol.pt