Internacional

Comemoração de noivado acaba em naufrágio no Rio Nilo

O número de mortos no acidente no Rio Nilo subiu para 21, na sequência do naufrágio de um 'ferry', que chocou com uma barcaça de transporte fluvial, segundo novo balanço das autoridades egípcias.


Cinco pessoas foram resgatadas e hoje de manhã prosseguiam as operações de para encontrar seis passageiros desaparecidos, adiantaram as autoridades, que não precisaram o número total de passageiros do 'ferry'.

O Ministério do Interior tinha inicialmente reportado 15 mortos.

De acordo com as autoridades, os passageiros estavam a comemorar um noivado a bordo de um pequeno barco.

Em fevereiro de 2006, mais de 1.000 passageiros morreram no naufrágio do ferry egípcio "Al-Salam" no Mar Vermelho, o mais mortífero acidente marítimo na história do país.

Os naufrágios de embarcações são relativamente frequentes no Nilo, em especial devido ao precário estado das embarcações e à sobrelotação de passageiros.

Um dos piores acidentes deste tipo, no Egito, ocorreu a 25 de maio de 1983, quando 326 pessoas perderam a vida no Nilo.

 

Lusa/SOL

 

Os comentários estão desactivados.