Vida

É fã de Mad Men? Ainda pode comprar alguns dos adereços da série

Foi em Maio que terminou a sétima e última temporada de Mad Men, a popular série de televisão sobre o mundo da publicidade nos anos 60. Muitos terão ‘desesperado’, enquanto ainda suspiravam por Don Draper, mas se passados três meses ainda pensam a principal personagem, sempre podem ter o consolo de usar alguns dos seus objectos, à venda em leilão.

O site Screenbid, especializado em vendas de artigos ligados a séries de televisão e filmes, está desde sexta-feira a promover o leilão Mad Men. Há 1.385 artigos e lotes em venda que incluem desde roupa a acessórios, passando por papéis e cartazes, caixas, electrodomésticos, mobiliário e até um carro. Tudo objectos que foram usados nas filmagens.

E se muitos artigos ainda não têm licitações – afinal de contas, são quase 1.400 lotes para ver – outros há que prometem uma luta acesa até ao final. Neste momento o top 5 dos mais cobiçados – todos de Don Draper, protagonizado por John Hamm, – é encabeçado pelo seu carro, um Cadillac CoupDeville que já vai em 26.250 dólares (24 mil euros), o que até é normal, tendo em conta que se trata de um carro.

No entanto, logo de seguida surge um anúncio de jornal com o título ‘Porque deixei de fumar’, assinado pela mesma personagem no New York Times, no episódio 12 da 4ª temporada. Alguém ofereceu já 3.600 dólares, 3.300 euros, pela folha de jornal dobrada.

O popular genérico de Mad Men:

Segue-se mais um objecto curioso, o cartão de Segurança Social de Don, com o número 542-52-2702, que já vai em 2.400 dólares, 2.200 euros. Também os óculos do galã publicitário, uns Ray Ban vintage, estão a fazer sensação no leilão, com uma oferta de 2.100 dólares, quase dois mil euros.

A fechar este top está um conjunto para servir bebidas em prata e vidro. O tabuleiro com balde de gelo, jarro e cinco copos já vale 2.000 dólares, 1.840 euros. Também era de Don Draper, que está associado a quatro dos cinco objectos que se seguem como os mais valiosos – um quadro, um chapéu, uma máquina de escrever e um controlo remoto de TV. Só uma estante da agência Sterling Cooper & Partners.

O leilão está divido por três fases, com alguns artigos a encerrarem as licitações amanhã, outros quinta-feira e outros sexta-feira. Se ficou curioso e está interessado em ver e até licitar, pode ver os artigos aqui.

As contas finais só poderão ser feitas no fim-de-semana, mas o valor do leilão pode surpreender. Em 2013, um leilão semelhante ligado à série de culto Breaking Bad rendeu quase um milhão de dólares, isto para apenas 337 artigos.