Vida

Criança tropeça e danifica quadro de um milhão de euros [VÍDEO]

Um rapaz taiwanês de 12 anos protagonizou um embaraçoso acidente num museu em Taipé.

Como é visível nas imagens de uma câmara de vigilância, o rapaz tropeçou em frente a um quadro do pintor barroco italiano Paolo Porpora e evitou a queda apoiando as mãos na tela. O resultado foi um buraco na pintura avaliada em cerca de um milhão de euros.

É também visível a reacção da criança: paralisa e olha para as pessoas em redor. De acordo com o site Focus Taiwan, ficou muito nervoso após o acidente.

A organização da exposição decidiu não responsabilizar a família do menino. A obra estava coberta por um seguro, que suportará as despesas do restauro.

Acima, o quadro danificado (imagem de arquivo)

O britânico The Guardian recorda que este não é o primeiro nem sequer o mais grave acidente do género. Em 2006, um visitante de um museu em Cambridge, no Reino Unido, caiu sobre três valiosos vasos chineses com mais de 300 anos, destruindo-os por completo. Valiam cerca de 100 mil euros. Em 2010, uma visitante rasgou acidentalmente um quadro de Picasso no Museu Metropolitano de Arte de Nova Iorque.

O episódio mais mediático também envolve um Picasso. Em 2006, o milionário Steven A Cohen, que sofre de um problema de visão, danificou com uma cotovelada o quadro La Rêve, que era sua propriedade à data. Teve de gastar cerca de 100 mil euros no restauro, e conseguiu vender a obra anos mais tarde por mais de 100 milhões de euros – um dos maiores negócios de sempre.