Desporto

Pagou o táxi com a medalha de ouro

O polaco Pawel Fajdek revalidou o título de campeão mundial no lançamento do martelo, no passado domingo, e decidiu celebrar na noite de Pequim. No dia seguinte, ao não encontrar a medalha de ouro no seu quarto de hotel, participou a situação à Polícia.

Segundo o portal chinês Tencent, Fajdek terá bebido demais e, no regresso ao hotel, apercebeu-se de que não tinha dinheiro para pagar o táxi. Para não ficar em dívida, agarrou na medalha e entregou-a ao taxista como forma de pagamento.

Esta é pelo menos a versão dos acontecimentos do condutor, uma vez que o atleta não se lembra de nada. As autoridades chegaram ao taxista depois de fazerem uma reconstituição dos passos de Fajdek. O homem acedeu a devolver a medalha ao lançador polaco, mas não se sabe se recebeu o dinheiro da corrida em troca.   

Fadjek foi o único atleta a superar a barreira dos 80 metros na final do lançamento do martelo, nos mundiais que decorrem em Pequim. Aos 26 anos, o polaco tornou-se bicampeão do mundo com a marca de 80,88 metros.