Vida

Morreu o golfinho mais velho do Sado

Morreu ontem o golfinho ‘Asa’, referenciado como sendo o mais velho da reserva do rio Sado. O anúncio foi feito pela empresa de ecoturismo Vertigem Azul, que organiza, entre outros, passeios turísticos de observação de golfinhos e aves.


Identificado pela primeira vez em 1984, ‘Asa’ era um golfinho roaz macho e foi notícia no dia 7 de Abril de 1999, quando ficou preso num dos braços do rio e foi içado, numa operação inédita, por um helicóptero da Força Aérea. Sobre o salvamento do ‘Asa’, a bióloga Raquel Gaspar disse à SIC ter sido ‘sem dúvida um dos maiores desafios’ da sua vida.

“Nos últimos dias andava isolado do resto do grupo”, pode ler-se na página de Facebook da Vertigem Azul: “Um elemento a menos no grupo significa muito para esta população, mas, tal como nós, eles não são eternos”. Este grupo de golfinhos roazes é o único do género no país e um dos poucos no mundo.

Os comentários estão desactivados.