Desporto

Mourinho está ‘desapontado’

O treinador José Mourinho, do Chelsea, mostrou-se ontem "desapontado" com a derrota caseira face ao Crystal Palace (2-1), considerando que não teve 11 jogadores em bom nível, mas que o árbitro cometeu "um erro enorme".

EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

"O jogo correu contra nós em cada detalhe, o primeiro foi o Crystal Palace, boa equipa, o segundo foi que não tivemos 11 jogadores a um nível elevado e o árbitro teve um erro enorme. Há uma grande penalidade com 0-0", disse o técnico luso.

Mourinho referiu não estar "chocado", mas antes "desapontado" com a derrota em Stamford Bridge, apenas a sua segunda, no dia em que cumpriu 100 jogos caseiros na Liga Inglesa ao serviço do Chelsea.

A anterior derrota tinha acontecido a 19 abril de 2014, referente à época de 2013/14, quando o Chelsea foi batido em casa pelo Sunderland, também por 2-1.

Hoje, Mourinho considera que a equipa "fez o suficiente para ter outro resultado", mas também reconhece que alguns jogadores não estiveram em bom plano.

"Tive um jogador que do minuto 1 ao 90 não esteve em campo, talvez seja culpa minha, porque acredito nele. E, quando alguém joga tão mal, o lógico é tirá-lo, mas mantive-o em campo e fui punido por isso. A culpa é minha", justificou, sem referir o nome do jogador.

Questionado em relação ao mercado de transferências, que fecha na segunda-feira, Mourinho disse não "ser um miúdo novo" e que o que pensa menos agora é em novas contratações.

"Não penso nisso e não me interessa", disse.

A distância para o líder Manchester City já é grande (oito pontos) e o técnico mantém a ideia de trabalhar como tem feito, mas a precisar de melhores jogos e melhores resultados: "É tudo o que podemos fazer".

Os 'blues' são adversários do FC Porto no grupo G da Liga dos Campeões e têm visita marcada ao Dragão na segunda jornada, a 29 de setembro.

Lusa/SOL