Economia

Saiba quem são a Alsa e a Transdev, que querem gerir a STCP e a Metro do Porto

A Transdev e a Alsa apresentaram as melhores propostas para gerir o Metro do Porto e a Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP), respetivamente, anunciou hoje o Ministério da Economia.

A Transdev, que melhorou a sua proposta em 1,35 milhões de euros por ano face à que já tinha apresentado, opera em Portugal desde 1997, quando pôs a funcionar a rede de metro do Porto, através do consórcio Normetro. Expandiu depois para outros setores com o transporte rodoviário de passageiros, detendo empresas ou participações na Internorte, Rede Nacional de Expressos ou Renex.

Com 1.800 colaboradores e uma frota de 1.500 viaturas, teve um volume de negócios de 108 milhões de euros em Portugal no ano passado.

Com a casa-mãe sedeada em França, a Transdev tem atividade em 20 países, gerindo por exemplo, 22 redes de metro ligeiro. Fatura 6,6 mil milhões de euros. No total, emprega 83 mil pessoas.

Já a Alsa, que integra o grupo britânico National Express e apresentou o melhor preço na subconcessão da STCP, afirma-se como líder no transporte rodoviário de passageiros em Espanha. Com uma faturação de 665 milhões de euros, tem mais de 2.700 autocarros e transportou acima de 267 milhões de passageiros em 2013. Tem 7.700 funcionários.

ana.serafim@sol.pt