Internacional

Cameron sofre derrota na Câmara dos Comuns sobre referendo à UE

O primeiro-ministro britânico David Cameron sofreu uma derrota no parlamento, na segunda-feira, sobre a forma como será conduzido o referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia.

Em causa estava apenas uma questão 'técnica', vista, no entanto, como tendo valor simbólico. O Governo queria diluir as regras que impedem os ministros de fazer quaisquer anúncios que possam afetar os resultados de uma votação nos últimos 28 dias de uma campanha para um referendo ou eleições.

No entanto, esta proposta não passou na Câmara dos Comuns, onde foi chumbada por 312 votos, incluindo 37 de conservadores, contra 285.

Esta foi a primeira derrota de Cameron na Câmara dos Comuns, onde, desde que venceu as eleições em maio, tem a maioria por 16 votos.

O primeiro-ministro quer que o Reino Unido permaneça na União Europeia, desde que consiga efetuar determinadas reformas, como impedir que migrantes vindos do bloco tenham acesso a benefícios.

Lusa/SOL