Internacional

Coreia do Norte envia mensagem conciliadora para o Sul

A Coreia do Norte enviou hoje, a propósito do 67.º aniversário da fundação do país, uma mensagem reconciliadora em que confirmou a sua vontade de estabelecer diálogo com a vizinha Coreia do Sul.

"É a postura firme da RPDC [Coreia do Norte] conseguir uma grande mudança nas relações Norte-Sul e abrir uma ampla avenida para a reunificação", disse Pak Pong Ju, membro do Politburo do Partido dos Trabalhadores, segundo a agência estatal KCNA.

O encontro político celebrado na véspera do aniversário da fundação da Coreia do Norte juntou altas patentes do regime -- incluindo o presidente do parlamento, Kim Yong-nam -- e diplomatas estrangeiros em Pyongyang, informou a agência.

O representante assegurou que Pyongyang fará sempre todos os possíveis para "preservar a paz e a estabilidade na península coreana e na região" e "impulsionar as relações de amizade e cooperação" com outros países sempre que estes manifestem uma atitude benevolente face ao regime.

A mensagem conciliadora surge num momento em que o Norte e o Sul tentam iniciar diálogo após uma fase de tensão no final de agosto que culminou num importante acordo entre altos representantes dos dois governos.

A China, um dos poucos aliados de Pyongyang, enviou uma mensagem de felicitações ao líder norte-coreano, Kim Jong-un, noticiou a KCNA.

Na mensagem, o Presidente Xi Jinping sublinhou a vontade de "promover um longo, são e estável desenvolvimento" das relações bilaterais e "consolidar constantemente a amizade e a cooperação" entre os países.

Lusa/SOL